ALEGRIA: nossa marca • AMAR A DEUS: nossa vida • A GLÓRIA DE DEUS: nossa missão

Av. Rio Do Ouro s/n • (próximo a Delegacia de Rio do Ouro/75DP) • Niteroi, CEP 24330-250, Rio de Janeiro-RJ
Tel. 26178058 • email: ipro.presbiteriana@gmail.com

domingo, 10 de julho de 2011

QUEM QUER SER UM MILIONÁRIO?

Recentemente, no programa britânico “Quem quer ser um milionário?”, um homem chegou até a última pergunta, tornando-se o possível ganhador de um milhão de libras. Ele disse que passou com facilidade e confiança por todas as perguntas anteriores. Este homem não estava brincando, ele realmente sabia as respostas. Então, ele enfrentou a pergunta final. Se respondesse errado ele perdia tudo. Se não respondesse nada levava o que já tinha conquistado: 500 mil libras. O homem sabia a resposta correta, todavia o medo de perder udo o deixou hesitante.

Ele sabia a resposta correta, mas estava com medo de se comprometer com ela. No final, ele não correu o risco, para ganhar um milhão de libras. A certeza de ter meio milhão pareceu-lhe melhor do que a possibilidade de ganhar um milhão de libras.

O que você teria feito no lugar dele?

A coisa interessante é ue muitas pessoas enfrentam um dilema semelhante no que se refere a Deus. Estou falando de pessoas que conhecem a verdade a respeito de Deus. Elas crêem no evangelho mas não se comprometem com aquilo que reconhecem ser a verdade.

Você é esse tipo de pessoa?

Peter Jeffery (Revista Fé para Hoje)

domingo, 3 de julho de 2011

Cantar na Adoração

Detail of Rembrandt's 'Supper at Emmaus' breaks from conventional images of Christ.

De acordo com o costume da Festa da Páscoa, Jesus entoa com os seus discípulos o “Halel”, a grande canção de louvor que consistia dos Salmos 115 a 118. É a primeira vez que encontramos nosso Senhor cantando. Por meio dessa atitude Jesus consagrou para sempre a música vocal na sua Igreja. O cantar é um valioso dom do céu à terra.

Adotado no serviço do santuário, quão benéfica e abençoadora é a sua influência! Quem não experimentou o seu poder de elevar-nos acima da atmosfera obscura da vida diária; seu poder de transformar-nos, de modo maravilhoso, aos arredores do céu; seu poder de dilatar e comover o coração. Milhares de vezes, o cantar tem restaurado a paz em meio à lutas, banido Satanás e aniquilado os seus projetos… levando corações endurecidos a se derreterem como cera, tornando-os aráveis e capazes de receber a semente da eternidade.

Vemos o Senhor da glória cantando com os seus discípulos. Oh! Se Davi, que escreveu aqueles salmos, tivesse imaginado que eles teriam a honra sublime de serem cantados pelos graciosos lábios daquele que era o supremo objeto de suas canções.

F. W. Krummacher (Revista Fé para Hoje/Ed. Fiel)